contato@griots.com.br | 19. 3232-5018

Outubro/2015 Campinas, Patrícia Monari

Que história é essa Doutor?!

Há quem pense que conciliar a vida profissional com a pessoal é um problema, principalmente tratando-se da medicina. Imagina nessa rotina, acrescentar a criação de histórias infantis. Parece impossível, mas para o médico urologista Lisias Castilho isso não é um problema.




Influenciado pelos filhos e netos, há cerca de dois anos, Castilho decidiu criar um site para publicar as histórias criadas e contadas por ele aos seus filhos. “Eu pessoalmente tenho três filhos que adoravam ouvir histórias inventadas. Acredito que criatividade dos pais que gostam de contar histórias é inesgotável”, afirma Castilho.


O site foi um sucesso, e Castilho decidiu dar um toque especial, convidando a voluntaria dos Griots, Suely Lopes, para fazer a locução das histórias. Com sua voz doce e tranquila, ela narra delicadamente, trecho por trecho das histórias, encantando as crianças. “O Doutor Lisias me ligou e disse que precisava de uma contadora de história para fazer a locução das historinhas. Fiquei muito feliz!”.


O artista plástico Paulo Branco, também faz parte desse projeto. Responsável por desenvolver a ilustração das histórias, Branco usa sua criatividade e imaginação para tornar cada desenho único.



Ilustração “O elefante cor- de-rosa” por Paulo Branco

Hoje, o site possui um livro com 14 historinhas, contemplando a mais famosa “O elefante cor de rosa”, que já tem até música exclusiva composta por Eduardo Lopes Touché, irmão da Suely Lopes.


As histórias, ilustrações e músicas, podem ser baixadas, assim, chegam a um número maior de leitores, incluindo os Griots. “Os próprios Griots tem acesso às histórias, um vai passando pro outro. No hospital, crianças de 2 e 3 anos, já sabem mexer no computador. Estamos sempre divulgando para que todos tenham o acesso”, afirma Suely.

Castilho comenta que há planos para publicação de um segundo livro no site em 2016. Fiquem de olho!


Acesse. http://minhashistorinhas.art.br/