15 de fevereiro – Dia Internacional de Luta Contra o Câncer infantil

Os voluntários da Associação Griots levam alegria por meio da contação de história às crianças de diversos hospitais da região de Campinas.

Mas hoje, em especial, vamos lembrar da luta dos pequenos pacientes contra o câncer.

O Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil em 15 de fevereiro foi criado em 2002 pela Childhood Cancer International paraconscientizar a população acerca dos sintomas da doença e expressar apoio às crianças e adolescentes e suas famílias durante o tratamento.

De acordo com o INCA, anualmente cerca de 8,4 mil crianças e adolescentes são diagnosticadas com câncer no Brasil. O Centro Infantil Boldrini, em Campinas, é referência no tratamento de câncer infantil no América Latina desde 1978. A Associação Griots é parceira do hospital e tem muito orgulho em desenvolver seu trabalho com tanto carinho para as crianças do Boldrini. Estamos, no momento, acompanhando as jornadas à distância, por causa da pandemia, ansiosos pelo momento em que poderemos retomar nossas visitas à brinquedoteca.

No dia 25 de janeiro, o centro filantrópico completou 44 anos, e para comemorar lançou o videoclipe da música “Jovem Amigo”, composta por Silvia Regina Brandalise - presidente e fundadora do hospital - e cantada pelo tenor Jorge Durian.

Veja o vídeo:

https://youtu.be/P5lpiZrBRg8

8 de abril: Dia Mundial de Luta contra o Câncer

Para chamar atenção sobre a importância de prevenção à doença, o Dia Mundial de Luta contra o Câncer foi criado pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC).

A doença provoca cerca de oito milhões de mortes a cada ano e a estimativa é que um terço delas poderiam ter sido evitadas com detecção precoce e o consequente acesso aos tratamentos existentes.

Uma das entidades visitadas por nossos voluntários é o Centro Infantil Boldrini, em Campinas, que é referência na America Latina no tratamento e de pesquisas contra o câncer. O hospital tem uma equipe multidisciplinar e um moderno Centro de Pesquisa. Atualmente, o Boldrini trata cerca de 10 mil pacientes de diversas cidades brasileiras e alguns de países da América Latina, a maioria (80%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

É muito gratificante acompanhar de perto a história deste hospital! Você também pode conhecer um pouquinho desse trabalho por meio do Facebook  e Instagram.

Temporariamente, por causa da pandemia do coronavírus, nossas visitas pessoais ao Boldrini estão em pausa, mas, pela internet, continuamos em contato, compartilhando nossas histórias. Confira uma delas, apresentada pela Elaine Alcantara, voluntária do Centro Infantil Boldrini.