20 de março: Dia do Contador de Histórias

No dia 20 de março é celebrado o Dia do Contador de Histórias! 

A data comemorativa foi criada na Suécia, em 1991, para reunir os contadores e promover essa arte tão necessária para estimular a leitura e o universo lúdico e divertido das crianças, entre tantas outras funções.  

Contar histórias é a razão de ser da Associação Griots – Os Contadores de Histórias, que ganhou esse nome em referência a contadores de histórias na cultura africana, chamados de griots. Que tal conhecer essa história? Clique aqui para assistir! 

Por meio de histórias leves e motivadoras, nossos voluntários levam alegria, esperança e muito carinho por onde passam. Atualmente, somos cerca de 180 contadores de histórias, realizando visitas 11 hospitais e 3 casas de idosos, de 7 cidades: Campinas, Hortolândia, Indaiatuba, Itapira, Itatiba, Mogi Guaçu e Sumaré. 

COMUNICADO

A Associação Griots – Os Contadores de Histórias comunica a todos seus voluntários, parceiros, apoiadores e, principalmente, aos familiares das mais de 3 mil crianças e idosos que atendemos todos os meses, em dezenas de hospitais e casas de apoio da Região Metropolitana de Campinas, que, diante da pandemia do coronavírus Covid-19, a Diretoria da associação, após se reunir com gestores dos locais atendidos e com as autoridades públicas competentes, decidiu suspender a atuação de seus voluntários por 15 (quinze) dias.

Ao final desse período, o cenário será reavaliado e novo comunicado disponibilizado.

A Associação Griots tem ciência de que, neste momento de insegurança e tensão, seria importante, notadamente para as crianças hospitalizadas, contar com a companhia e carinho de nossos contadores de histórias. Contudo, diante das recomendações médicas que nos foram feitas, compreendemos que não podemos colocá-las sob riscos desnecessários.

Prezamos também, e muito, pela saúde de nossos voluntários. São dezenas e dezenas de pessoas que plantam e colhem sorrisos diariamente nos hospitais. São pessoas que muito nos orgulham que também precisam ser preservadas ao máximo.

Agradecemos, desde já, a compreensão de todos.

Diretoria da Associação Griots – Os Contadores de Histórias

Campinas, 17 de março de 2020.

Formação contínua: voluntários participam de mais uma oficina de contação de histórias em Campinas

Capacitar continuamente nossa equipe de voluntários, oferecendo oportunidades de treinamento, incentivo ao crescimento pessoal e do trabalho em equipe é um dos nossos objetivos. Este ano, a programação será intensa!  

Nossos ‘anjos amarelinho’ vão participar de uma oficina de brincadeiras de roda e contação de história que acontece no dia 14 de março, no Espaço Pavão Cultural, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas. 

Ministrada por Laura Tomé, da Cia Conta Outra, e Flavio Sapienza, do BrincArte, a oficina é aberta ao público e gratuita. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas por este link

Vem aí a 16ª edição do projeto “Ouvimos Histórias de Vida”

Nossos voluntários estarão em frente à Catedral Metropolitana de Campinas, no dia 25 de janeiro, das 9h às 12h, para mais uma edição do projeto “Ouvimos Histórias de Vida”, que nasceu com o objetivo de estimular a arte da escuta, sem pressa nem julgamentos, e valorizar as histórias de vida das pessoas. Na pressa do cotidiano, as pessoas têm encontrado dificuldade em ouvir e serem ouvidas, afinal, o exercício da escuta envolve desacelerar o ritmo e acolher o outro com empatia.

Por isso, no dia 25/01, os anjos amarelinhos trocam de papeis. Acostumados a contar histórias nos hospitais, desta vez os voluntários da Associação Griots – Os Contadores de Histórias vão apenas ouvir os depoimentos e as histórias de vida de quem estiver passando pelo centro de Campinas.

Esta já é a 16ª edição do projeto “Ouvimos Histórias de Vida”, que ocorre de uma a duas vezes ao ano desde 2012. A equipe Griots promove um treinamento preparatório com os voluntários, com técnicas de escuta, abordagens e regras comportamentais. Os ouvintes são orientados a escutar gentilmente, sem fazer juízo de valor ou aconselhamentos. Após o evento, os voluntários passam por um segundo encontro, comandado por uma psicóloga, para o acolhimento das histórias e o balanço da atividade, num espaço para que os voluntários falem sobre suas experiências e aprendizados.

E por aí, como anda sua escuta para o outro?

Participe com os Griots da Campanha: DOE PALAVRAS DE NATAL

Já é tradição da Associação Griots – Os Contadores de Histórias promover anualmente a campanha “Doe Palavras de Natal”.

A ideia é que o “doador de palavras” escreva uma mensagem de esperança e acolhimento para alguém que na noite de Natal estará internado num leito de hospital. Quem doa não sabe quem receberá a mensagem, mas quem recebe jamais se esquecerá das palavras de esperança e carinho.

Participe! Não custa nada para quem doa e pode mudar o Natal de quem recebe!

Não há número mínimo, nem máximo de linhas. Pede-se apenas que você redija uma mensagem de Natal, de esperança , de incentivo , de superação.

Escreva seu nome (pode ser só o primeiro nome) e a cidade onde mora.

Compartilhe com seus amigos esta ideia!

Voluntários da Associação Griots visitam cooperativas de reciclagem no mês de novembro

A Associação Griots - Os Contadores de Histórias recebeu um convite especial da Unimed Campinas para visitar três cooperativas de coleta e manuseio de resíduos sólidos no mês de novembro. A ideia é, através da contação de histórias, oferecer um momento lúdico, de reflexão e entretenimento, para os cooperados. 

No último dia 4, duas voluntárias do Griots participaram no período da manhã de uma contação de história na cooperativa Nossa Senhora Aparecida/Reciclar. Os contos escolhidos foram o Grande Rabanete e O Vestido Azul. A sessão na cooperativa São Bernardo, foi no dia 13, e na cooperativa Antônio da Costa Santos, será no dia 27/11. 

A parceria da Unimed Campinas com cooperativas de reciclagem acontece por meio da Reciclamp, central que reúne quatro cooperativas de reciclagem. A Unimed oferece EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), desinsetização regular do local de manuseio dos resíduos e promove palestras de promoção à saúde, medicina preventiva, além de remunerar os trabalhadores pela coleta seletiva nos pontos de atendimento da Unimed, como Sede I, Pronto Atendimento de Sumaré, Hospital Unimed Campinas e Centro de Quimioterapia Ambulatorial. 

A cooperativa Santo Antônio da Costa Santos, que atua na região do bairro Campo Grande, a cooperativa São Bernardo, no Centro, a cooperativa Nossa Senhora Aparecida, no Jardim Baronesa e a cooperativa Unidos da Vitória, que atua nos campos do Ceasa,  que integram a Reciclamp são elencadas também no programa de reciclagem da Prefeitura de Campinas, o Cataforte.  

Para conhecer mais: 

Cataforte: Fortalecimento do Associativismo e Cooperativismo dos Catadores de Materiais Recicláveis -  http://www.ceadec.org.br/projetos/cataforte-lll--negocios-sustentaveis-em-redes-solidarias 

Reciclamp - http://www.10anoscampinasrecicla.crca.org.br/reciclamp.htm  

Unimed Campinas - https://www.unimedcampinas.com.br/  

Associação Griots convida para oficina gratuita de contação de histórias no dia 26 em Campinas com a Cie. Aqua

No mês dedicado aos professores e às crianças, a Associação Griots – Os Contadores de Histórias promove uma oficina especial de contação de histórias na CEPROCAMP (Centro de Educação Profissional de Campinas), no dia 26 de outubro (sábado), das 14h às 17h. O curso será ministrado pela Cie. Aqua, de São Paulo, e, além de servir como atividade de aprimoramento para os próprios voluntários Griots, é uma atividade aberta, voltada especialmente para professores, educadores e voluntários que queiram desenvolver e aprofundar suas habilidades na contação de histórias infantis.

Contar histórias em hospitais e lares de idosos é a nossa razão de ser!

O objetivo do curso, que conta com apoio da Secretaria Municipal de Educação de Campinas, é justamente utilizar a contação de histórias como um espaço para relações de memórias e afetos, estimular o desenvolvimento da criatividade e apresentar técnicas para potencializar a comunicação verbal e não-verbal no ambiente escolar. Para isso, a Cie. Aqua utilizará recursos das atividades teatrais, como técnicas de respiração, jogos, improvisação, mímica e uso de vestimentas, objetos e instrumentos musicais.

O papel que um educador desempenha quando conta ou ouve uma história junto à criança é enriquecedor. Ele passa a ser o mediador, elo entre o real e o imaginário; e, por este motivo, a sua atitude e a sua reação é que determinarão a credibilidade ou não do  conto para a criança. À medida que a criança se relaciona com a arte, ela internaliza e externa os conhecimentos sobre seu mundo, podendo, através dessa aprendizagem, desenvolver seus conceitos, habilidades e aptidões.

Conheça a Cie. Aqu

Fundada pelos atores Theófila Lima e Aqua, com o intuito de investigar a linguagem da mímica e do palhaço em suas infinitas possibilidades. O grupo busca desenvolver uma linguagem própria construída através da pesquisa na linguagem circense e também das máscaras da comédia dell’arte, além da diversidade de conhecimento dos atores vindos do teatro, do circo e da música, trabalhando com textos clássicos da literatura mundial e adaptando para todos os públicos.

 Esperamos você!

 Oficina de Contação de Histórias Associação Griots – Os Contadores de Histórias e Cie. Aqua

Data: 26 de outubro (sábado)

Horário: das 14h às 17h

Local: CEPROCAMP – Av. 20 de novembro, 145, Centro – Campinas/SP

Entrada gratuita

Estacionamento gratuito – entrada pela Rua Francisco Teodoro

Mais informações sobre o evento: https://www.facebook.com/events/1663452760457694/